Quais os passos necessários na hora de abrir um negócio?

Você já parou para pensar quais são os primeiros passos para abrir um negócio? Muitos brasileiros têm o sonho de empreender, mas não sabem bem como começar. Afinal, a burocracia para abrir uma empresa é grande, especialmente no Brasil.

Em outras palavras, é preciso separar uma série de documentos, conversar com profissionais especializados no assunto e elaborar o plano de negócios. Por isso, é natural ter certas dúvidas de como lidar com este processo.

Porém, ao entender como este funciona, fica claro que não é tão difícil assim. Portanto, este post mostra alguns dos passos necessários para abrir um negócio. Confira.

Consulte os profissionais adequados para abrir um negócio

Antes de mais nada, é crucial contar com a ajuda de dois profissionais para a abertura de uma empresa: o contador e o advogado.

contador garante que toda a documentação necessária para abertura da empresa estará em dia. Além disso, recomenda o sistema de tributação que faz mais sentido para o negócio, de modo que você possa economizar.

Em certos casos, o contador também ajuda a montar um cronograma para o pagamento de tributos e a época ideal para o balanço. O aspecto financeiro é um dos principais para qualquer empresa. Logo, contar com um serviço de contabilidade é essencial.

Por outro lado, o advogado ajuda o empreendedor a elaborar outros documentos da empresa. Um exemplo, é o contrato social, essencial para a estrutura de qualquer negócio.

Outra forma como o advogado ajuda é na questão trabalhista. Ele garante que a empresa está de acordo com a legislação no momento da contratação de seus colaboradores.

Faça as consultas e monte a estrutura para abrir um negócio

Uma vez que o empreendedor conte com o apoio dos profissionais adequados para abrir um negócio, pode se focar nos aspectos mais práticos.

Primeiro de tudo, é preciso fazer duas consultas: a viabilidade de nome na Junta Comercial e a consulta de endereço, para saber se a atividade pode ser realizada na sede da empresa.

Outro ponto crucial é registrar a marca. Afinal, este é um investimento essencial para proteger a empresa.

Caso alguém registre o mesmo nome, não importa que seu negócio já esteja consolidado, você precisará mudar. Além disso, é a única forma de se proteger se outra pessoa quiser usar seu nome.

Com todos os pontos acima resolvidos, você lida com a parte mais burocrática de abrir um negócio. Agora, comece a pensar em como funcionará o negócio em si. Para tanto, o ideal é fazer pelo menos 3 planejamentos distintos:

  • Marketing: é essencial investir em Marketing, especialmente para quem quer abrir um negócio. A função primordial desta disciplina é dizer para o público que você existe. Logo, é essencial para uma empresa nova;
  • Logístico: o planejamento logístico ajuda a entender como funciona o seu negócio, na prática. Como é o dia a dia? Como são comprados os materiais? Todas estas perguntas são importantes;
  • Financeiro: possivelmente, o ponto mais importante para abrir um negócio. O planejamento financeiro garante a saúde da empresa, no curto, médio e longo prazo.

O sonho de abrir um negócio não é impossível. Os passos acima trazem o básico do que é necessário para satisfazer o desejo do empreendedor. Portanto, se você tem esta ambição, entenda melhor cada um deles.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print
Share on email
Email

Preencha os campos abaixo que entraremos em contato!